Lavar a louça reduz o estresse

 

Pense na seguinte situação. Imagine uma enorme montanha de pratos, copos, talheres, caçarolas e panelas na fila, perto da pia, porque a máquina de lavar está quebrada. Você consegue pensar em algo mais estressante depois de comer? E se lhe dissessem agora que lavar a louça ajuda a aliviar o estresse? Pelo menos isso diz um estudo recentemente conduzido por pesquisadores da Florida State University, EUA.

Medite enquanto lava a louça

Uma equipe de estudantes e professores de pesquisa da Universidade Estadual da Flórida descobriu que lavar a louça com total atenção acalma a mente e reduz o estresse.

Isso ocorre porque ao lavar a louça, é preciso estar totalmente ciente do fato de que a louça está sendo lavada. Os pesquisadores dizem que, à primeira vista, isso pode parecer um pouco bobo. Por que colocar tanta ênfase em uma coisa tão simples? Mas esse é precisamente o ponto.

O fato de ficar ali, lavando a louça na pia, é uma realidade maravilhosa, pois você pode se concentrar completamente em si mesmo, consciente de sua presença e consciente de seus pensamentos e ações.

O estudo analisou se a ação de lavar a louça poderia ser usada como uma prática contemplativa informal para promover um estado positivo de atenção, um método de meditação cujo objetivo é focar a atenção nas emoções e pensamentos do momento presente.

Adam Hanley, um dos membros da equipe, justifica a investigação, explicando que ele estava particularmente interessado em como as atividades mundanas da vida poderiam ser usadas para promover um estado consciente e, portanto, aumentar a sensação geral de bem-estar.

Após realizar um estudo com 51 alunos, os pesquisadores descobriram que as pessoas que lavavam a louça conscientemente, ou seja, controlando sua atenção no cheiro do sabão, no calor da água ou na sensação da louça, mostraram uma diminuição em seu estado de nervosismo em 27% e um aumento na inspiração mental de 25%. Por outro lado, o grupo que não controlou as sensações, não teve nenhum benefício. Os autores do estudo concluem que, aparentemente, uma atividade diária realizada com intencionalidade e consciência pode melhorar o estado de atenção plena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *