Latam não deixou viajar um advogado que insultou um entregador de delivery

Depois de saber que Guillermo Miranda North tentava deixar o Peru em um voo para Los Angeles, quando este já estava no setor de imigração, a companhia aérea Latam Airlines anunciou que não deixaria viajar o sujeito que insultou o entregador da Rappi.

Por meio de nota, a empresa indicou que “se reserva o direito de admissão” à viagem programada para as 11h30 da quinta-feira, dia 19 de novembro.

“De acordo com nossas normas de segurança operacional, nos reservamos o direito de embarcar qualquer passageiro que possa perturbar a devida tranquilidade e bom funcionamento dos voos. Além disso, ficamos atentos a qualquer despacho que venha do Ministério Público ”, diz o documento.

O advogado de 52 anos é acusado de insultar e ameaçar espancar o entregador Junior Ramírez porque seu pedido de comida chegou em más condições .

-“O que você vai me explicar?

-“Você é um pobre idiota. (…) cansei de você, dá vontade de bater em você, entendeu?”

No dia seguinte ao que a notícia se tornou viral, Miranda gravou um vídeo onde ele se desculpou por sua ação violenta.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *