Vivemos em um mundo rápido e competitivo, cheio de obrigações impostas ou auto impostas, nas quais é necessário aproveitar ao máximo o tempo. Quantas vezes você desejou que o dia tivesse mais algumas horas?

Mas não se trata de ter dias mais longos, trabalhar ou estudar mais horas, mas reduzir ao máximo o tempo disponível. Porque mesmo que seu dia tivesse mais horas, a mesma coisa continuaria acontecendo. Você não tem pouco tempo: simplesmente o perde ou o usa de uma maneira pouco inteligente.

Deseja saber quais atitudes acabam com sua produtividade? Agindo sobre elas suas horas serão muito mais eficientes. São as seguintes:

Distração na Web

Se você sabe que no momento em que abre o Facebook se perde, por que é a primeira coisa que faz quando liga o computador ou conecta o celular? Por que você tem as notificações ativadas e as marcou como favoritas no seu navegador? E quem diz Facebook diz Twitter, Instagram ou qualquer rede social. Você sabia que apenas as redes sociais levam em média entre 45 e 60 minutos do seu tempo todos os dias?

O mesmo vale para o e-mail. Você verifica se tem algo importante e se distrai com e-mails promocionais, notificações e atividades das mídias sociais. Se você quer tirar proveito do seu tempo, se esqueça das redes sociais, organize seus e-mails, e tenha um cronograma para revisar tudo. E se precisar de redes sociais para o seu trabalho e tiver e-mails abertos o dia todo para emergências (o que é muito improvável na maioria dos casos), organize bem seu horário. Faça o mais importante primeiro, o que é prioridade.

Adiar constantemente o que é mais difícil

A procrastinação, o ato de adiar as coisas, especialmente as mais difíceis e / ou caras, é uma maneira de enganar a si mesmo e criar ansiedade desnecessária. Porque o fato de deixá-lo para mais tarde não significa tirá-lo da cabeça, o que afeta negativamente as outras tarefas. No entanto, muitas pessoas fazem isso. Usam desculpas, principalmente absurdas ou sem sentido.

Deseja tirar mais proveito do seu dia? Comece com o mais difícil, o que custa mais, o mais chato. É o que alguns gurus da produtividade chamam de “engolir sapo”. Ao fazê-lo, você se sentirá muito melhor consigo mesmo e poderá executar as demais tarefas sem remorso ou ansiedade.

As tarefas inacabadas

Tarefas inacabadas geram tensão e ansiedade e não deixam espaço para colher os verdadeiros frutos do esforço. Se você não concluir uma tarefa e começa com outra, não poderá prestar total atenção ao que faz e, no final, não terá terminado nada.

Muitas vezes, este é o resultado da multitarefa. Mas é também uma maneira de nos enganarmos, porque parece-nos que, ao iniciar várias coisas ao mesmo tempo, fizemos muito. Mas no final conta apenas o que você terminou.

Se você quer ser realmente produtivo, execute as tarefas uma de cada vez, encare seus projetos um por um e presuma que não se trata de fingir que você faz muito, mas de fazer. A produtividade é medida nos resultados, não nos processos.